19 de ago de 2008

to me

Foto: Michelle Reis


Nothing really matters
Love is all we need
Everything I give you
All comes back to me

14 de ago de 2008

Respire











Só você é capaz de suscitar tanto em mim só você é capaz de me tornar esse turbilhão essa voracidade essa vontade de correr e escrever sem pontuar porque você não pontua nunca! só você me desperta de madrugada me faz passar uma duas noites em claro tendo pesadelos horríveis e mesmo assim só você é capaz de desfazer todo mal com um bom dia porque só você e aí só você mesmo ainda é capaz de me dar arrepios no bom e no mal sentido de me fazer ir ladeira abaixo e parede acima só você sabe me fazer gritar e calar nem sempre na hora certa mas sempre com a mesma intensidade.

Respire

Só você bate a porta e abre de novo com a mesma naturalidade de quem nunca saiu só você sabe não atender quando ligo e responder com declarações de amor dois dias depois só você sabe sorrir com essa displicência e descompromisso e esse descompromisso que só você tem sabe como ninguém me deixar de ponta cabeça pensando onde errei onde erramos onde isso vai parar?

Respire
Respire


E aí você insiste em ir embora.
Você que não sabe colocar nem vígula, agora insiste em colocar um ponto final.


Mas eu prontamente aceito.
De fato eu já estava ficando sem ar...