12 de jul de 2006

Letícia!

Confiram: http://mosaicodedeus.blogspot.com/


Leticia, essa mulher que brinca de ser menina. Ou seria só uma menina que brinca de ser mulher?
Porque Letícia é assim, todas numa só.

Acorda querendo salvar o mundo e no caminho decide tentar ser mais egoísta. Mas sente-se culpada, quer continuar carregando a fantasia de certinha (Letícia entrou na comunidade do Orkut “Cansei de ser certinha”!).

Letícia coleciona vitórias, mas vive sempre na luta. Porque ela tem algumas derrotas, sim, mas Letícia sempre enxuga as lágrimas quando acorda, antes de querer salvar o mundo.

Letícia, quando é menina, fica vermelha se ouve seus amigos falando de sexo. Mas quando Letícia é mulher, não consegue parar de pensar na nuca de um novo amor.

Letícia finge que não acredita no amor. Faz corte de cabelo moderno, tatuagem, calça all-star e tenta se esconder. Reclama que os homens são estranhos, uns gostam de pagode, outros têm problemas muito sérios e Letícia quer um companheiro. Porque Letícia, menina-mulher é pura, a alma transparente, e se vê defeitos grita; Letícia não quer guardar nada de ruim.

Letícia pede desculpas por não me contar segredos. Ela desconversa, não olha, mas vai embora arrasada porque não sentiu vontade. Letícia não gosta de não sentir vontade.

Letícia não sabe fingir que trabalha; não sabe fingir que gosta; não sabe ser irônica. Porque Letícia finge, e aí ela sabe como ninguém, que tem raiva, que está fraca, que é invisível. Mas desiste também, quando acorda, antes de querer salvar o mundo.

3 comentários:

MosaicodeDeus disse...

Querido,
você já sabe muito do que eu sou e isso me deixa tímida. Obrigada por tanto carinho e amizade.
vc é demais!!
Lê.

Anônimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Anônimo disse...

Your site is on top of my favourites - Great work I like it.
»