7 de nov de 2008

O que eu não sou...


"Eu não sou poeta, nem quero ser
A canção eu fiz pra sobreviver
Coração aperta, canto pra respirar
Toco minha viola pra poder sonhar

Eu não quero nada que faz doer
Quero amar o mundo, quero amar você
Quando você não está eu vou tocar tambor
Extraviar no pulso toda a minha dor

Um dia o amor acaba
Invade e a dor deságua
Transborda a minha alma
Vazia está agora

Eu não sou maluco nem quero ser
Mas a noite passar e eu não vou dormir
As flores me agradam tentam me colorir
Toco uma toada pra poder te ouvir

Eu não sou ateu nem quero ser
Deus te abençoe, rezo por você
Eu vou tocar a flauta pra despedir
De longe minha alma vai velar por ti

Um dia o amor acaba
Invade e a dor deságua
Transborda a minha alma
Vazia está agora"

(Música: O que eu não sou/Chicas)

Um comentário:

Beatriz disse...

Não conheço a música, mas a letra traz versos lindos que falam de um amor/doação, de um amor/protetor, e chega com certa suavidade ao coração.

Fica um raio de luar brincando nos teus sonhos e um beijo no coração.