14 de nov de 2008

Topa?

Volta moleque, mas volta logo porque eu posso encher o saco. Pára com essa besteira de espiar de canto de olho porque eu olho, eu continuo olhando. Volta moleque, que sinto falta das tuas camisetas modernas, dos teus cachos rebeldes. Escreve pra mim meia dúzia daquelas letras que eu me derreto, juro que derreto.Volta moleque que sou capaz de escolher você, só você, e sou capaz de usar aquele nariz de palhaço, mas não pra sempre. É que já cansei de cortar caminho, cansei de falar baixo, de esticar o pescoço pra te achar. E eu tô puto porque apaguei seu nome do celular e aí fico achando que você pode ter feito o mesmo, porra, isso dói moleque. É que ensaiei tantos versos, roubei tanta flor e agora meu peito tá tão cheio deles que tô ficando sem ar e eu não sei por que não deságuo. Então você tem que voltar. Volta moleque. Não pensa muito não. Não pensa porque a vida é assim mesmo, a gente só precisa juntar a tua aquarela com meu pincel. E aí a gente pinta aquela praia pra gente correr, brincar de amor. Vem logo que perco até o medo de parecer ridículo. Volta moleque, pode voltar assim mesmo, não precisa decidir nada não. Posso ser seu psicólogo, sua academia, seu coral, me rouba logo porque posso ser o seu dia, inteiro, todos os seus dias. Mas volta logo, moleque, porque eu posso encher o saco.
Aí fudeu.


3 comentários:

Vini disse...

Belíssimo...
Fica só a dúvida se o moleque voltou ou não! rs

Abraço,
Vini.

Jaya disse...

Toni!

Aaaaah, que texto delícia de se escrever! Rs. Se fosse escrito pra mim, voltaria. Haha. Espero que não tenho fodido tudo, então.

Eu cheguei invadindo e li os outros post dessa página. Gostei! Aaaah, eu já criei um pintinho, também! Era cor de rosa, inclusive. Claro, quando foi crescendo, a cor foi embora - artificial que era. E ele morreu na chuva, puro descuido meu. :D

Tá, chega de falação. Eu passei aqui mesmo foi pra agradecer tua visita e elogio, lá no blog. Volta lá, rapaz! Em alguns acessos de inspiração, sai até algum texto legível, por vezes. É raridade, mas... fazer o que! (:

Beijo.

Mr. Ziggy disse...

Esse moleque tá super bem na fita e tal, pra ter recebido um texto desses. Muito bom, Toni! Abração procê!